VOOS ONLINE
VOOS ONLINE
GUIA DO PASSAGEIRO
GUIA DO PASSAGEIRO
SITUAÇÃO DOS VOOS
SITUAÇÃO DOS VOOS

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
CARGA AÉREA ONLINE
CARGA AÉREA ONLINE
LICITAÇÕES
LICITAÇÕES
CONCURSOS INFRAERO
CONCURSOS INFRAERO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
LINKS
LINKS

TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
PORTAL FINANCEIRO
PORTAL FINANCEIRO
24/1 - Aeroporto de Fortaleza fala sobre segurança operacional com comunidade vizinha PDF Imprimir E-mail
Quinta-Feira 24 de Janeiro de 2013 às 17:32
24/1 - Aeroporto de Fortaleza conversa com vizinhos sobre segurança operacional
O Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins (CE) iniciou nesta semana uma campanha educativa sobre os riscos de soltar pipas em áreas próximas aos terminais e também sobre o perigo aviário. A primeira ação, realizada na terça-feira (22/1), foi feita por meio de visitas às casas vizinhas ao aeroporto. Os coordenadores de segurança operacional, meio ambiente da Infraero, além de técnicos da Universidade de Brasília (UnB) conversaram com os moradores e distribuíram folhetos explicativos.
A prática de empinar pipas, que é mais frequente nos períodos de férias escolares, pode causar sérios problemas ao tráfego de aeronaves e às operações de um aeroporto. Os brinquedos podem ser engolidos por turbinas e danificá-las, expondo ou pousos e decolagens aos riscos de acidentes. Além disso, a utilização de cerol - mistura de cola com vidro moído, cujo uso é proibido por lei - nas linhas das pipas pode danificar a fuselagem das aeronaves, colocando o voo em risco.
Já o acúmulo de lixo no entorno do aeroporto pode atrair animais e aves às proximidades das áreas de operação, o que pode atrapalhar os procedimentos de pouso e decolagem, além de aumentar as chances de colisões entre pássaros e aeronaves.
“Como vizinha das comunidades em volta do aeroporto, a Infraero acredita que pode ajudar a conscientizar a população para garantir a segurança e a boa convivência dos habitantes com o Pinto Martins”, afirmou a coordenadora de Segurança Operacional de Fortaleza, Claudia Cunha.
Segurança Operacional e Manejo de Fauna da Infraero
A Infraero possui uma política de trabalho constante para evitar riscos à segurança operacional de todos os 63 aeroportos administrados pela empresa. A campanha iniciada no Aeroporto de Fortaleza faz parte das ações para garantir um ambiente seguro para pousos e decolagens, beneficiando usuários e comunidades do entorno.
Outro exemplo de relacionamento com a comunidade sobre o risco das pipas está no Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans – Júlio Cezar Ribeiro (PA), que realiza anualmente a campanha “Troque Sua Pipa Por Uma Bola”. Na ação, empregados da Infraero na capital paraense visitam as casas da vizinhança e fazem a troca de pipas dos jovens moradores por bolas, além de explicar falar sobre a importância da segurança operacional.
A Infraero também possui o programa “Fauna nos Aeroportos”, que estabelece uma série de ações internas e externas para o manejo de fauna e controle do perigo aviário nos terminais da empresa. Entre os trabalhos desenvolvidos estão o monitoramento, captura e remanejamento de animais na região dos aeroportos, além de convênios com universidades e órgãos ambientais para a execução de planos de manejo de fauna.
Assessoria de Imprensa - Infraero
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
www.twitter.com/canalinfraero
      O Aeroporto Internacional de Fortaleza/Pinto Martins (CE) iniciou nesta semana uma campanha educativa sobre os riscos de soltar pipas em áreas próximas aos terminais e também sobre o perigo aviário. A primeira ação, realizada na terça-feira (22/1), foi feita por meio de visitas às casas vizinhas ao aeroporto. Os coordenadores de segurança operacional, meio ambiente da Infraero, além de técnicos da Universidade de Brasília (UnB) conversaram com os moradores e distribuíram folhetos explicativos.

      A prática de empinar pipas, que é mais frequente nos períodos de férias escolares, pode causar sérios problemas ao tráfego de aeronaves e às operações de um aeroporto. Os brinquedos podem ser engolidos por turbinas e danificá-las, expondo ou pousos e decolagens aos riscos de acidentes. Além disso, a utilização de cerol - mistura de cola com vidro moído, cujo uso é proibido por lei - nas linhas das pipas pode danificar a fuselagem das aeronaves, colocando o voo em risco. 

      Já o acúmulo de lixo no entorno do aeroporto pode atrair animais e aves às proximidades das áreas de operação, o que pode atrapalhar os procedimentos de pouso e decolagem, além de aumentar as chances de colisões entre pássaros e aeronaves. “Como vizinha das comunidades em volta do aeroporto, a Infraero acredita que pode ajudar a conscientizar a população para garantir a segurança e a boa convivência dos habitantes com o Pinto Martins”, afirmou a coordenadora de Segurança Operacional de Fortaleza, Claudia Cunha.
sbfz_dentro_240113

   Segurança Operacional e Manejo de Fauna da Infraero
      A Infraero possui uma política de trabalho constante para evitar riscos à segurança operacional de todos os 63 aeroportos administrados pela empresa. A campanha iniciada no Aeroporto de Fortaleza faz parte das ações para garantir um ambiente seguro para pousos e decolagens, beneficiando usuários e comunidades do entorno. 

      Outro exemplo de relacionamento com a comunidade sobre o risco das pipas está no Aeroporto Internacional de Belém/Val-de-Cans – Júlio Cezar Ribeiro (PA), que realiza anualmente a campanha “Troque Sua Pipa Por Uma Bola”. Na ação, empregados da Infraero na capital paraense visitam as casas da vizinhança e fazem a troca de pipas dos jovens moradores por bolas, além de explicar falar sobre a importância da segurança operacional.

      A Infraero também possui o programa “Fauna nos Aeroportos”, que estabelece uma série de ações internas e externas para o manejo de fauna e controle do perigo aviário nos terminais da empresa. Entre os trabalhos desenvolvidos estão o monitoramento, captura e remanejamento de animais na região dos aeroportos, além de convênios com universidades e órgãos ambientais para a execução de planos de manejo de fauna.


   Assessoria de Imprensa - Infraero
    Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
   www.twitter.com/canalinfraero

 
AddThis Social Bookmark Button
 


Portal da Transparência    Acessibilidade Brasil
Infraero - [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] - Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 5 - Edifício Sede CEP 71608-050 - BRASÍLIA - DF - BRASIL