bt_pesquisa_maior2
Aeroporto de Macaé

macae_2016

No ano de 1957, no município de Macaé, construiu-se um Campo de Aviação localizado junto à praia, com uma pista de pouso e decolagem, de terra que permitia apenas o pouso de aeronaves militares, em treinamento. Nos anos 60 nasceu o atual sítio aeroportuário com uma pista de terra e a implantação de um Aeroclube, ao se verificar a necessidade de crescimento desse Campo de Aviação. Com o advento da exploração do Petróleo "offshore", na década de oitenta, mais precisamente em 1982, foi construído um pátio de estacionamento de aeronaves e um terminal de passageiros. Em 1984 a pista de terra foi asfaltada em 1200 metros, a fim de permitir um movimento maior de passageiros para vôos de helicópteros.

Entre os anos de 1983 e 1987 a Petrobrás decidiu instalar na cidade de Macaé a sua base de apoio para as atividades "offshore," nas Plataformas Marítimas, o movimento no Aeroporto teve um grande crescimento, chegando a dobrar o número de movimento de passageiros. Todo o histórico de desenvolvimento do Aeroporto de Macaé está intimamente ligado à descoberta de petróleo pela Petrobrás na Bacia de Campos em 1977. Esse fato foi fundamental para todo o crescimento do Aeroporto fazendo com que ele atingisse o estágio atual de volume de tráfego.

Operando 24 horas, o Aeroporto de Macaé é hoje a maior base de apoio a exploração de petróleo Nacional, movimentando 60.000 pousos e decolagens e recebendo 450.000 passageiros anualmente em suas dependências. Destes números, 98% referem-se à atividade "offshore". Desde o ano 2000, o Aeroporto de Macaé vem desenvolvendo ações junto às escolas do seu entorno, com o objetivo de promover a integração da comunidade ao sistema de infraestrutura aeroportuária, demonstrando através de seu corpo de funcionários importância de atitudes corretas ligadas a preservação ambiental, como não colocar lixo nas proximidades do aeroporto, não só para a Segurança de Vôo como também, para o bem estar dos moradores deste importante município que se destaca no cenário nacional por sua valiosa contribuição para a economia do Pais, sendo declarado através da Lei Estadual Nº 6081, de 21.11.2011, como a "CAPITAL DO PETRÓLEO" no Estado do Rio de Janeiro.

 

 

AddThis Social Bookmark Button