bt_pesquisa_maior2
Aeroporto de Jacarepaguá - Roberto Marinho

jacarepagua_02

Em 1969, iniciou a construção do Aeroporto de Jacarepaguá, sendo inaugurado em 1971, quando, oficialmente, o Ministério da Aeronáutica autorizou as operações, e a partir de 2008, passou a ser conhecido como Aeroporto Jacarepaguá - Roberto Marinho. A infraestrutura aeroportuária possui instalações e facilidades para apoio às operações da Aviação Geral, entre elas as operações Offshore (plataforma marítima), apresentando mix operacional composto com aeronaves de diversas performances e tipos.

O aeroporto está localizado em uma região compreendida entre os maciços da Pedra Branca e da Tijuca, mais precisamente no bairro Barra da Tijuca, que será sede das Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016, recebendo a maioria das modalidades olímpicas. As vilas olímpica e paraolímpica, que abrigarão os atletas durante as semanas dos jogos, estão localizadas a 11 km do aeroporto.

 

História

Tudo começou em 1925 quando o francês, Pierre Georges Latécoerè, planejou ligar a França à América do Sul. Nesse momento, foi iniciado um longo processo entre os dois Governos, partindo do Campo dos Afonsos (Base Aérea dos Afonsos – BAAF (SBAF)). Tendo em vista a nebulosidade prejudicial ao tráfego aéreo, surgiu a ideia de um campo auxiliar, e a área do Aeroporto de Jacarepaguá foi escolhida, iniciando-se sua edificação em 1969 e inaugurado em 19 de janeiro de 1971.

Durante muitos anos, o aeroporto recebeu aviões da Companhia Aeropostale (mais tarde Air France) e em 14 de setembro de 1944, por meio do Decreto-Lei nº 6870, o local do Campo da Air France passou para a jurisdição do Ministério da Aeronáutica e foi utilizado pela Força Aérea Brasileira para treinamento de cadetes e oficiais aviadores.

 

 

AddThis Social Bookmark Button