bt_pesquisa_maior2
VOOS ONLINE
VOOS ONLINE
GUIA DO PASSAGEIRO
GUIA DO PASSAGEIRO
SITUAÇÃO DOS VOOS
SITUAÇÃO DOS VOOS

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
CARGA AÉREA ONLINE
CARGA AÉREA ONLINE
LICITAÇÕES
LICITAÇÕES
CONCURSOS INFRAERO
CONCURSOS INFRAERO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
LINKS
LINKS

TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
PORTAL FINANCEIRO
PORTAL FINANCEIRO
Aeroporto de Belém - Brigadeiro Protásio de Oliveira

 belem_protasio01

O Aeroporto teve sua origem em 1936, no chamado Campo de Souza, em terras adquiridas pelo então Ministério da Guerra. No local, foi instalado o núcleo do 7º Regimento de Aviação. Em 1937, foi fundado o Aeroclube do Pará, destinado à formação de pilotos civis, que passou a utilizar também esse campo de aviação.

O nome do aeroporto homenageou o pioneiro da aviação na Região Norte - Júlio César Ribeiro de Souza, nascido em 18 de junho de 1834, na Vila São Jorge do Acará, Estado do Pará, que se iniciou nos estudos de balões e inventou o balão tipo fusiforme. Realizou seu primeiro voo experimental no Balão "Victória" nos céus de Paris em 08 de novembro de 1881.

Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 1941, foi instalado na área do Campo de Souza, em 1945, o Parque de Material Aeronáutico de Belém.

Passados 31 anos de uso militar, somente em 30 de agosto de 1976, o aeródromo foi homologado e aberto ao tráfego aéreo de uso público, com a denominação de Aeroporto Júlio Cesar. O aeroporto passou então a ser explorado comercialmente, sob a jurisdição do Departamento de Aviação Civil.

No dia 12 de outubro de 1980, o aeródromo passou à jurisdição da Infraero, por meio da Portaria 1179/GM-5, de 03 de outubro e a infraestrutura de navegação aérea a cargo da Empresa de Telecomunicações Aeronáuticas S/A - TASA, ambas vinculadas ao Ministério da Aeronáutica. No mesmo período, por meio do Ato Administrativo nº 299 de 09/10/1980, o Aeroporto Júlio César passaria a funcionar como dependência da Infraero, anexa à Administração do Aeroporto Internacional de Belém sob a direção e autoridade do administrador desse aeroporto. Com a absorção da TASA pela Infraero em 1996, os órgãos da navegação aérea passaram a ser subordinados a ela.

Em 01 de abril de 2008, o Aeroporto Júlio César volta a ter sua Administração elevada a categoria de Aeroporto Grupo-IV, com superintendência própria, vinculada à Superintendência Regional do Norte (SRNO), e recebendo apoio do Aeroporto Internacional de Belém, para as atividades administrativas e de manutenção.

Em 13 de abril de 2010, por decreto da Lei Nº 12.228, o aeroporto passou a denominar-se Aeroporto de Belém/Brigadeiro Protásio de Oliveira em homenagem ao Tenente-Brigadeiro-do-Ar Protásio Lopes de Oliveira, aviador da Força Aérea Brasileira, nascido em Macau no Rio Grande do Norte em 30 de maio de 1923. O Tenente Protásio teve uma vida dedicada ao trabalho na Força Aérea Brasileira (FAB), com foco no desenvolvimento do território brasileiro, em especial, no que se refere à integração territorial e populacional do Norte do País – Amazônia brasileira.

No ano de 2009, o aeroporto teve seu sítio aeroportuário reduzido para viabilizar a implantação de um complexo viário em duas avenidas, de grande movimento, próximas ao seu entorno tendo como principal consequência, a redução do comprimento da pista de pouso e decolagem de 1.500 para 1.106 metros.

Em 2010, em contrapartida à cessão dessa área, foi celebrado com o Governo do Estado Pará um Termo de Compromisso cujo objeto foi a implantação de benfeitorias e melhorias no aeroporto, tais como: construção de um novo prédio administrativo; abrigo de viaturas, parque de abastecimento de aeronaves (PAA); implantação de novas pistas de táxis; área de giro na cabeceira 34 e realocação de PAPI e SEM, sem ônus para a Infraero.

 

 

 

AddThis Social Bookmark Button
 


Portal da Transparência    Acessibilidade Brasil    selo_participe
Infraero - [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] - Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 5 - Edifício Sede CEP 71608-050 - BRASÍLIA - DF - BRASIL