VOOS ONLINE
VOOS ONLINE
GUIA DO PASSAGEIRO
GUIA DO PASSAGEIRO
SITUAÇÃO DOS VOOS
SITUAÇÃO DOS VOOS

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS
CARGA AÉREA ONLINE
CARGA AÉREA ONLINE
LICITAÇÕES
LICITAÇÕES
CONCURSOS INFRAERO
CONCURSOS INFRAERO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
SERVIÇO CONTRA INCÊNDIO
LINKS
LINKS

TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
TARIFAS AEROPORTUÁRIAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
CENTRAL DE COBRANÇAS
PORTAL FINANCEIRO
PORTAL FINANCEIRO
Aeroporto Internacional de Florianópolis/Hercílio Luz

Florianopolis

No dia 7 de setembro de 1922, o Decreto Nº 15.672, estabeleceu o Sistema de Defesa Aérea do Litoral do Brasil, com bases navais, um porto militar e outras edificações, onde, para instalação de um desses Centros foi escolhida a Ilha de Santa Catarina. Foi nomeado em 1923, o Capitão de Fragata Luiz Pereira Pinto Galvão, como comandante da base de aviação naval que seria instalada em Florianópolis.

O Capitão Galvão iniciou o processo de aquisição de um terreno na Ressacada, para nele instalar uma Base Aeronaval. Neste local foram construídos: o prédio da administração, dois alojamentos, o paiol, uma enfermaria, um hangar para hidroplanos, oficinas, estação meteorológica e demais obras de infraestrutura. A aviação, até então, era feita somente por hidroaviões.

Após a conclusão das obras, fez-se necessário melhorar a infraestrutura do campo da Ressacada a fim de atender a aviação terrestre. Na época, era o único campo de pouso e decolagem existente, e estava sendo utilizado por aviões estrangeiros. O aeroporto de Florianópolis, portanto, já nasceu com a vocação de ser um aeroporto internacional.

No dia 21 de junho de 1927, aterrissou no campo da Ressacada um aeroplano da Companhia Latécoerè, pilotado pelo Ás P. Vachet. Era o início das atividades comerciais onde hoje se localiza o atual Aeroporto Internacional de Florianópolis. O Correio Aéreo Nacional - CAN, surgido em 1934, realizou seu primeiro voo ligando o Rio de Janeiro a Florianópolis.

Até 1955, o aeroporto possuía uma torre de controle construída em madeira, uma pista de concreto de 1.500 m x 45 m e um pátio gramado de estacionamento de aeronaves. Com a criação do Ministério da Aeronáutica, estabeleceu-se uma Base Aérea em Florianópolis para responder às necessidades da aviação militar e comercial. A partir de então, realizaram-se inúmeras obras de melhoramentos em infraestrutura.

No período de 1952 a 1954, foi construído o Terminal de Passageiros, administrado pelo Departamento de Aviação Civil (DAC). Em 07 de janeiro de 1974, o V Comando Aéreo Regional, passou à jurisdição da Infraero o Aeroporto de Florianópolis. Desse período em diante, foram realizadas inúmeras obras de ampliação e melhoria na infraestrutura do aeroporto a fim de proporcionar conforto e segurança aos seus usuários.

29 de janeiro de 1976 – Inauguração do Terminal de Logística de Carga (Teca);
14 de agosto de 1976 – Inauguração do Novo Terminal de Passageiros (1ª. Fase), passando de 500m2 para 2.985m2;
01 de agosto de 1978 – Entra em operações a pista 14/32
09 de julho de 1981 – Implantação do VOR FNP
29 de abril de 1982 – Implantação do ILS / DME
14 de outubro de 1988 – Reforma e ampliação do Terminal de Passageiros (2ª. Fase), passando de 2.985m2 para 6.440m2.

Em 03 de outubro de 1995, o Aeroporto de Florianópolis é elevado, pelo então Ministério da Aeronáutica, a categoria de Aeroporto Internacional.
Em função do grande movimento, o Aeroporto Hercílio Luz é ampliado e climatizado em 2000, passando de 6.440m2 para 8.440m2 (3ª. Fase).
 
 
 
AddThis Social Bookmark Button
 


Portal da Transparência    Acessibilidade Brasil
Infraero - [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] - Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 5 - Edifício Sede CEP 71608-050 - BRASÍLIA - DF - BRASIL